A Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) é uma forma estruturada de evidenciarmos a composição do resultado de uma empresa, ordenando receitas e despesas em determinado período. Sua principal finalidade é determinar o lucro ou prejuízo.

Estrutura da DRE do TagPlus 

Importante: a DRE do TagPlus não substitui, em hipótese alguma, a DRE emitida pela contabilidade.  

Na DRE, a data considerada na busca por período é a Data Competência. Caso esse campo não esteja preenchido, será considerada a Data Lançamento.

A Data de Competência é sempre a data em que um produto foi vendido, um serviço foi prestado ou uma compra foi realizada, independentemente da forma de pagamento escolhida. Ou seja, mesmo que uma venda seja parcelada em 6 vezes, a competência dessa venda é a data em que ela ocorreu.

Muitas pessoas desconhecem a diferença entre o regime de competência (utilizado na DRE) e o regime de caixa e, por esse motivo, querem preencher a DRE com a data do recebimento/pagamento da parcela, o que não é correto. 

A Distribuição de Competência deverá ser usada quando você faz um contrato onde há pagamento/recebimento à vista do valor total de um serviço, mas o mesmo será prestado durante um determinado período, sem qualquer pagamento/recebimento adicional.A distribuição de competência vai diluir o valor pago/recebido entre o período de prestação do serviço. Por exemplo, caso você contrate o plano anual do TagPlus, irá pagar o valor à vista, mas receberá o serviço durante 12 meses. Portanto, o valor pago deve ser diluído em 12 vezes na sua DRE.

Conceitos

Receita Operacional Bruta (+) - Valor total da receita apurada nas operações de vendas e prestação de serviços.

Deduções da Receita Bruta (-) - Impostos incidentes sobre a receita, abatimentos e devoluções de vendas.

CUSTOS DAS VENDAS

  • No comércio é conhecido como Custo das Mercadorias Vendidas (CMV);
  • Em uma prestadora de serviços é conhecido como Custo dos Serviços Prestados (CSP);
  • Em uma indústria é conhecido como Custo dos Produtos Vendidos (CPV);

DESPESAS OPERACIONAIS

As despesas com vendas são as despesas comerciais, como por exemplo marketing e distribuição. As despesas administrativas são os gastos da administração geral da empresa, como por exemplo salários, água, luz e telefone. Outras despesas operacionais que não se enquadrem como Vendas ou Administrativas podem ser classificadas como “Operacionais Diversas”.

RECEITAS E DESPESAS FINANCEIRAS LÍQUIDAS

As despesas financeiras são os juros incidentes sobre empréstimos e financiamentos. As receitas financeiras são os rendimentos auferidos sobre as aplicações financeiras.

RECEITAS E DESPESAS NÃO OPERACIONAIS

São receitas e despesas que não fazem parte da atividade fim da empresa. Por exemplo, uma loja que ao renovar seu mobiliário, obtém uma receita através da venda dos móveis usados.

RESULTADO OPERACIONAL ANTES DO IMPOSTO DE RENDA E DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO

É o IRPJ e o CSLL. Em empresas de Lucro Presumido, esses impostos são calculados a partir do faturamento bruto. Já em empresas de Lucro Real, são calculados a partir do resultado operacional apurado pela DRE.

LUCRO LÍQUIDO ANTES DAS PARTICIPAÇÕES

A partir do lucro líquido antes das participações, apurado pela DRE, os administradores da empresa poderão tomar decisões a respeito de distribuição de lucros e dividendos.

LANÇAMENTOS NÃO CLASSIFICADOS

Para ajudar o usuário do TagPlus, os lançamentos financeiros não classificados na DRE serão listados ao final.
Quando isso ocorrer, devem ser identificados os lançamentos e listados na DRE em suas respectivas contas.


Caso ainda possua alguma duvida, não deixe de entrar em contato com nosso suporte técnico.
É sempre um prazer ajuda-los!

Encontrou sua resposta?